Blog series which features the talents of the studio, the ones who compose our pulsating atmosphere;

Golden Coins: Pamella Pesarelli, 3D artist.

OI #GoldenCoins shows our 3D Artist Pamella Pesareli and her adventures around the 3D world.

Prata da Casa: James Brelaz, el Motion Designer

#GoldenCoins comes in this glory Monday to shake a little bit of your life. Today we talk about our precious James Brelaz, the Motion Designer that always has a hidden trick and know all the questions we may have about anything. (specially softwares!) Brelax, Breláz, Brêlaz. How long are you here at Cafundó and what […]

#PratadaCasa 4: Giovanni Girardi, Ilustrador.

Let’s discober the other golden coins of the yellow house?? Today we’re gonna talk about the main front of Illustration in Cafundó: Giovanni Girardi. It’s an old buddy we have since 2010, and so on he has engalarged our borders and gave a special shine to our work. Just about he got here, he joined […]

#PratadaCasa 03 – Roland Roderjan

strong>#GoldenCoinathe 3rd has arrived! We are going to talk about out rcreative resources inside the studio. Today is a special date for designers in Brazil so let’s talk about our Art Web director. He whom has, besides some other stories, is a graduated designer from UFPR – city of Curitiba.. Roland Roderjan is the guy […]

#Pratadacasa 02: Douglas da Silva

If you haven’t seen our #GoldenCoin01, this is a special moment where  Cafundó is revealing to the world the talented ones that make our team shine abroud.. Now #GoldenCoins 2nd edition is gonna talk about a boy who came here to let everything work fine. This guy programmed this blog: if everything works, he is […]

Prata da Casa #1 – Felipe Fox

Cafundó is gonna to share its #GoldenCoins: the brave heros who passed through our trembling selection, slaying dragons and Léo-ns so they could seat at ease in a throne of the Yellow House. Ok, maybe not. But they are our precious creative resources that are able to transform fabulous ideas into reality. The one who […]

The last news of our creative lab.

SIMPLE SCORE

Get to know the app that will help you sum points to your games.

Calendário 2014

Como você gostaria de se retratar em 2014?

HEART ATTACK!

We should always be very cautious about our healthy, specially about heart attacks.

Pílula 01: Moustache Fever

O bonde do Mr. Biggous trazendo alegria para a sua vida.

O SUMIÇO DO GALO

Num ato repentino, nosso companheiro Galo Inácio deu no pé e descabelou todo mundo por aqui. Onde ele se meteu?!

Manifesto Social

Arranjamos um jeito de lidar com todas as notícias das manifestações. Acompanhe o feed de jornais e redes sociais ao mesmo tempo.
Join our saga in producing an animated short film.


Bom senso 3-D – O Retorno

Our Stuff / posted by in 19 Oct of 2010

Aparentemente, os executivos da Warner Bros. aprenderam uma coisa ou outra com o fracasso de crítica de Fúria de Titãs. O longa já estava em pós-produção quando Avatar foi lançado e, para aproveitar o sucesso dos smurfs thundercats, passou por um processo de conversão apressado na montagem, que até chegou a adiar o seu lançamento por um mês.

Foi consenso entre muitos que a visualização 3-D era desnecessária e, na maioria das cenas, trabalhava contra o filme. Cabeças flutuantes que pareciam desconexas do corpo, rabos venenosos voando em direção à platéia sem qualquer motivo aparente e longos planos muito melhor apreciados em uma tela normal, cinco reais mais barata. Resumindo: muita gente achou o filme uma desgraça.

cafundo estudio - clash of titans

Pois aí vem o resultado: no dia 8 de outubro, os irmãos Warner divulgaram uma nota na qual cancelavam o lançamento do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I em 3-D, mantendo apenas a versão bidimensional. A decisão foi tomada devido a um descontentamento da produtora em relação ao processo de conversão utilizado, que não estaria de acordo com a qualidade da série – uma política adotada DEPOIS da contratação de Daniel Radcliffe.

cafundo estudio - daniel radcliffe

Um ‘Não’ que dá esperança

O cancelamento vem como uma boa notícia para quem acompanha a série do bruxo e ótima para quem gosta de cinema. Depois do sucesso avassalador de James Cameron, pérolas como Piranha e Premonição 4 passaram pelo processo de conversão para 3D estereoscópico, buscando ganhar alguns dólares a mais na onda tridimensional. Ainda vêm por aí o próximo Homem Aranha, mais um Os três mosqueteiros, os verdadeiros Smurfs, Jackass 3, Jogos mortais 98 (na real, é o sétimo, mas você não acha que o Jigsaw é mais difícil de matar que o Charles Bronson?) e outros…

Infelizmente, a maioria se esquece que Cameron esperou por anos até que existisse a tecnologia para rodar exatamente da forma como queria, gravando todo o longa-metragem de 2009 em câmeras especialmente criadas para a melhor captação em três dimensões. Assim, apostando em uma solução apressada e puramente mercadológica, estúdios, diretores e produtores comprometem o resultado final e podem saturar o público antes mesmo que novas obras primas do gênero tenham a chance de ser gravadas.

cafundo-estudio-avatar

A segunda parte do capítulo final de Harry Potter ainda será lançada em 3-D, já que conta com um ano inteiro para que o processo possa ser feito direito. E isso faz sentido. Não me entendam mal, não tenho nada contra filmes nesse formato. Avatar entrou direto para as primeiras colocações dos meus filmes favoritos – apesar de eu duvidar que consiga aproveitá-lo sem estar em uma sala IMAX -, junto com Coraline, animação stop-motion muito bem produzida em 2009 pelo mestre Henry Selick. Mas, em vias de ver nas telonas clássicos como Titanic e as duas trilogias de Star Wars em 3D, vale sempre lembrar que a bagaça tem que ser bem-feita.

Todos sabemos que tanto Cameron quanto George Lucas sabem fazer dinheiro como ninguém, mas é legal gastar aquela graninha suada em algo que vale a pena, e não em um monte de piruetas e estripulias sem motivo que só geram aquela dor de cabeça no final da sessão.

cafundo estudio - coraline

Com hífen ou sem: Uma pequena, breve, rápida e ligeira explicação

Não confundir o antigo e aqui criticado 3-D estereoscópico com o bom e velho 3D tradicional. O primeiro é o nome do processo que nos dá a impressão de que algo “sai” da tela (e daquelas revistinhas antigas que vinham acompanhadas com os famigerados óculos vermelho/azul). Essa sensação é causada por uma sobreposição de duas imagens que, ao serem processadas cada qual por um olho, geram uma noção de profundidade.

O 3D original, muito diferente do anterior, apesar de compartilhar nome semelhante, é a modelagem de imagens, objetos ou sequências tridimensionais através de computação. E esta é uma das coisas com as quais trabalhamos aqui no Cafundó. Então, não se confundam, até que uma alma de bom coração venha nos pedir ($$) um projeto envolvendo estereoscopia, vocês dificilmente verão alguém por aqui com aqueles bizarros óculos bicolores – a não ser que a Playboy da Larissa Riquelme esteja largada em algum lugar.

[fbcomments]