Blog series which features the talents of the studio, the ones who compose our pulsating atmosphere;

Golden Coins: Pamella Pesarelli, 3D artist.

OI #GoldenCoins shows our 3D Artist Pamella Pesareli and her adventures around the 3D world.

Prata da Casa: James Brelaz, el Motion Designer

#GoldenCoins comes in this glory Monday to shake a little bit of your life. Today we talk about our precious James Brelaz, the Motion Designer that always has a hidden trick and know all the questions we may have about anything. (specially softwares!) Brelax, Breláz, Brêlaz. How long are you here at Cafundó and what […]

#PratadaCasa 4: Giovanni Girardi, Ilustrador.

Let’s discober the other golden coins of the yellow house?? Today we’re gonna talk about the main front of Illustration in Cafundó: Giovanni Girardi. It’s an old buddy we have since 2010, and so on he has engalarged our borders and gave a special shine to our work. Just about he got here, he joined […]

#PratadaCasa 03 – Roland Roderjan

strong>#GoldenCoinathe 3rd has arrived! We are going to talk about out rcreative resources inside the studio. Today is a special date for designers in Brazil so let’s talk about our Art Web director. He whom has, besides some other stories, is a graduated designer from UFPR – city of Curitiba.. Roland Roderjan is the guy […]

#Pratadacasa 02: Douglas da Silva

If you haven’t seen our #GoldenCoin01, this is a special moment where  Cafundó is revealing to the world the talented ones that make our team shine abroud.. Now #GoldenCoins 2nd edition is gonna talk about a boy who came here to let everything work fine. This guy programmed this blog: if everything works, he is […]

Prata da Casa #1 – Felipe Fox

Cafundó is gonna to share its #GoldenCoins: the brave heros who passed through our trembling selection, slaying dragons and Léo-ns so they could seat at ease in a throne of the Yellow House. Ok, maybe not. But they are our precious creative resources that are able to transform fabulous ideas into reality. The one who […]

The last news of our creative lab.

SIMPLE SCORE

Get to know the app that will help you sum points to your games.

Calendário 2014

Como você gostaria de se retratar em 2014?

HEART ATTACK!

We should always be very cautious about our healthy, specially about heart attacks.

Pílula 01: Moustache Fever

O bonde do Mr. Biggous trazendo alegria para a sua vida.

O SUMIÇO DO GALO

Num ato repentino, nosso companheiro Galo Inácio deu no pé e descabelou todo mundo por aqui. Onde ele se meteu?!

Manifesto Social

Arranjamos um jeito de lidar com todas as notícias das manifestações. Acompanhe o feed de jornais e redes sociais ao mesmo tempo.
Join our saga in producing an animated short film.


Uma Fênix chamada “Jogos de Plataforma 2d”

Our Stuff / posted by in 28 Jul of 2010

Além de revoluções incríveis de gráficos 3d, shaders, alto poder de processamento, jogatina online consolidada e controles de movimento, a atual geração de videogames (XBOX 360, Wii e Playstation 3) nos proporcionou a exploração de um nicho até então esquecido: os jogos de plataforma 2d.

Desde o surgimento do 3d poligonal, la pelos idos de 1995 com Playstation, Saturn e N64, a quantidade de jogos 2d foi progressivamente diminuindo. A febre por polígonos texturizados e câmeras rodopiantes se prolongou por mais de uma década, juntamente com a idéia de que mundos bidimensionais já não poderiam entreter o jogador como antes. Na febre do 3d, as empresas já não mais queriam investir em mecânicas simples de jogos de plataforma e o mundo do 2d foi abandonado pelas publishers. Paralelamente a isso, os jogos foram se tornando cada vez mais complexos e específicos, com mecânicas, enredos e comandos cada vez mais elaborados.

Observando isso, em uma genial jogada de marketing, a Nintendo lançou em 2006 o WII, uma plataforma simples, voltada para os jogadores mais casuais, que já não se sentiam tão à vontade com a complexidade dos jogos. A investida provou-se um sucesso, sendo que Sony e Microsoft tiveram que correr atrás do prejuízo para conseguir abocanhar uma fatia desse mercado.

A idéia de produção de jogos mais baratos e simples, juntamente com o avanço da distribuição pela internet, forçou as empresas a procurarem novos criadores e novas formas de vender os jogos. As redes de venda de jogos por meio digital, sem mídia física, surgiram como uma resposta a este problema. E neste espaço, de jogos experimentais, simples e de tamanho reduzido, o 2d ressurgiu como linguagem, tomando caminhos estéticos nunca antes vistos. Hoje, os jogos bidimensionais evoluíram, trazendo em sua mecânica, e principalmente em seu estilo gráfico, inovações surpreendentes. Nada mal para um tipo de jogo que quase foi extinto, Não acham?

A seguir vou mostrar algumas criações que estão revitalizando este mercado, para a alegria dos jogadores casuais e dos oldschool mais nostálgicos.

A Boy and His Blob. Remake de um antigo jogo da Nintendo, agora tratado com cenários pintados a mão e personagens com o charme das animações 2d clássicas.

Wario Land Shake IT. Outro jogo da nintendo que agora se destaca pelo esmero com que suas animações quadro a quadro foram criadas.

Limbo. Um adventure com puzzles para Play 3 e Xbox 360 que utiliza uma inovadora estética que abusa dos contrastes em preto e branco.

The YouTube ID of 3w9fyLIaj3A&feature=related is invalid.

Muramasa. Inscrível jogo de ação ninja com uma estética baseada em pinturas japonesas. Dá uma olhada nessas ondas (e tem gente que fala que o WII não faz bons gráficos).

The YouTube ID of HhPHRm-kJ5w&feature=related is invalid.

Castle Crashers. Pancadaria e humor são o destaque nesse jogo de Xbox 360. Parece ser muito divertido.

Super Paper Mario. Um jogo genial de WII, que satiriza e homenageia todos os outros jogos do Mario, além de ter a sacada de brincar com o 2d e o 3d ao mesmo tempo.

The YouTube ID of y9NpRoT2w48&feature=related is invalid.

Braid. Um inteligente jogo de plataforma do Xbox 360 com puzzles baseados em viagem no tempo. Sim você pode avançar e voltar o tempo quando bem entender.

[fbcomments]